segunda-feira, 28 de maio de 2012

RICARDO, DRUMMOND E AS PEDRAS



Ricardo, Drummond e as Pedras - para Ricardo Mainieri

Havia uma cisma
(de medo)
No meio do horizonte.

Enfim,
Me vivia a me perder
Ao longe.

Antes,
Eu vivo vivia
A minha rotina.

Hoje,
Eu me esqueço
Do meu alcance.

2 comentários:

  1. Obrigado, poeta. E, assim, vamos reescrevendo Drummond ad infinitum...

    ResponderEliminar